A Volvo reuniu a imprensa na manhã desta quarta-feira (5) para divulgar o balanço de 2019 da empresa e apresentar suas expectativas para 2020 e anunciar um investimento de R$ 1 bilhão até 2023.

Volvo FH
Década de liderança

A montadora sueca comemorou mais um ano de números expressivos, encerrando 2019 com a liderança brasileira do segmento de pesados. Foram 14.505 caminhões emplacados, 58,7% a mais do que os 9.138 vendidos em 2018.

“A retomada da liderança em pesados em 2019 tem um sabor especial. Com isso fechamos como líderes da década nesse segmento”, comemorou Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões Volvo no Brasil. No período entre 2010 e 2019 a Volvo liderou o mercado de pesados em sete anos.

O FH 540 6×4 foi o grande protagonista e repetiu o desempenho em vendas de outros anos, tornando-se mais uma vez o caminhão mais vendidos entre todas as classes no mercado nacional e também na América Latina. No total, foram 7.135 caminhões emplacados no Brasil e mais 7.271 na América Latina. Isso, inclusive, ajudou o Brasil a recuperar a segunda posição como maior mercado da Volvo em todo o mundo.

“É o caminhão preferido por sua robustez, alta disponibilidade, tecnologia e segurança de ponta. Além do maior valor de revenda”, afirmou Cavalcanti. “Na linha 2020 introduzimos novas tecnologias que deixaram a linha FH até 10% mais econômica”, completa o executivo.

Aposta nos semipesados

A montadora sueca também comemorou boas marcas no segmento de semipesados com o VM. A Volvo emplacou 2.339 caminhões, um valor 55,5% maior do que no ano anterior.

“Percentualmente fomos a marca que mais avançou nessa faixa de mercado. Nosso modelo VM tem altíssimo nível de qualidade e satisfação dos clientes, o que explica nosso crescimento”, avaliou Alcides.

Para 2020 a Volvo pretende continuar valorizando o VM e deve trazer novidades ainda não divulgadas para o modelo.

Alto investimento

Após o melhor resultado histórico na venda de caminhões pesados no Brasil, o grupo Volvo renovará seus investimentos no país. Serão mais de R$ 1 bilhão no período entre 2020 e 2023, principalmente para pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços, além de melhorias de processos industriais e de gestão.

“O Brasil continua sendo muito importante para a Volvo. A recuperação gradativa da economia foi decisiva para o aumento das entregas e a retomada da liderança no segmento de caminhões pesados. O crescimento de 58% em 2019 nos dá a confiança para um novo ciclo de investimento para os próximos anos”, afirmou Wilson Lirmann, presidente do grupo Volvo América Latina.

Os recursos anunciados serão destinados para todos os segmentos da Volvo no Brasil, desde caminhões pesados e semipesados, até a implantação da indústria 4.0 e a tecnologia Euro 6.

Com base nesse entusiasmo com o futuro, Lirmann prevê que, em 2020, a marca deve registrar crescimento de até 15% em relação a 2019.


Ford continua negociações para venda da fábrica no ABC

NEGOCIAÇÕES NA FORD

Hyundai e Alisson anunciam parceria para produzir caminhões leves automáticos

PARCERIA

Pesquisa aponta que tabela de fretes afetou oferta de cargas para autônomos

OFERTA DE CARGAS


Trecho de Santa Catarina da BR-101 é arrematado em leilão

LEILÃO DA BR-101

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.