Uma pesquisa da FreteBras, plataforma de transporte de cargas, apontou que a tabela de fretes derrubou as cargas disponíveis para caminhoneiros autônomos em 23% entre 2017 e 2019.

TABELA DE FRETE SUSPENSA

A pesquisa analisou um período de um ano e meio antes e um ano e meio depois da implantação da Tabela de Fretes, que entrou em vigor em maio de 2018.

De acordo com a FreteBras, que possui mais de 370 mil caminhoneiros cadastrados em sua plataforma, depois da implementação da tabela, a relação entre o número de caminhoneiros registrados na plataforma e as cargas caiu 38%. Ou seja, há menos cargas disponíveis para cada profissional autônomo.

Atualmente, o Brasil conta com cerca de 1,2 milhão de caminhoneiros, sendo que, pelo menos, 500 mil são autônomos, de acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Causas

Entre outros motivos, a ANTT determinou o pagamento do frete de retorno para os caminhoneiros. Com essa mudança, o piso mínimo sofreu um reajuste que varia de 11% a 15%, de acordo com o tipo de carga e operação.

Para Bruno Hacad, diretor de operações da FreteBras, o levantamento mostra que as transportadoras estão de fato optando por usar mais frota própria, por conta do aumento do custo do frete.



Ford continua negociações para venda da fábrica no ABC

NEGOCIAÇÕES NA FORD

Hyundai e Allison anunciam parceria para produzir caminhões leves automáticos

PARCERIA


Trecho de Santa Catarina da BR-101 é arrematado em leilão

LEILÃO DA BR-101


Acre ganha nova unidade do SEST SENAT em Cruzeiro do Sul

NOVA UNIDADE NO ACRE
2 Respostas para Pesquisa aponta que tabela de fretes afetou oferta de cargas para autônomos
  1. É sabido que pela tabela nova será punido com multa quem anunciar / divulgar frete abaixo da tabela nova, então, esse filão supostamente perdido nada mais é do que justamente os que sugam os caminhoneiros, e agora, os próprios procuram outros meios de fisgar os caminhoneiros. Isso não quer dizer que não existam fretes abaiixo do valor no FRETEBRAS, ainda tem muitos, mas a gente percebe que os absurdos diminuiram, SIMPLES ASSIM.

  2. adds
    também não vamos esquecer que diminui a força da economia nesse período.


[topo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.