A Scania anunciou nesta segunda-feira (2) que está renomeando os veículos de sua principal linha de caminhões, a série S, na Europa. O motivo é um acordo com a Daimler AG, empresa que controla a Mercedes-Benz.

Segundo o anúncio, em vez da letra S, seguida pela potêncial real do motor do caminhão, o novo nome comercial terá a potência seguida por um S, por exemplo, 450 S ou 730 S. A nova ordem de nomeação se aplicará apenas nas cabines Sleepers, com piso plano.

A maneira atual da Scania de nomear caminhões pela série de cabines, seguida da potência do motor, foi introduzida em 2004, com o lançamento das cabines PGR.

“Ao fazer esse ajuste, cumprimos um acordo feito com a Daimler”, afirmou Alexander Vlaskamp, vice-presidente sênior, da Scania Trucks. “Estamos interessados em proteger nossas marcas e reconhecemos que a Daimler, com sua longa história com carros de passeio da classe S, teve um problema com o nome comercial da série S”, finalizou.

O novo tipo de nome comercial da série S, com o número de cavalos de potência indicado primeiro, será introduzido nos caminhões da série S encomendados a partir de agora e não afeta outros veículos. Inicialmente a mudança não tem previsão de chegar aos veículos brasileiros e acontecerá apenas na Europa.


Volvo abre sua maior concessionária no Brasil, em Itu, interior de SP

Museu American Old Trucks traz uma viagem pela história dos caminhões à Serra Gaúcha

Adeus ao bicudo: Mercedes-Benz lança edição final de despedida do Atron 1635

L-1635 ATRON: O FIM DE UMA ERA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.