A Scania anunciou nesta segunda-feira (2) que está renomeando os veículos de sua principal linha de caminhões, a série S, na Europa. O motivo é um acordo com a Daimler AG, empresa que controla a Mercedes-Benz.

Segundo o anúncio, em vez da letra S, seguida pela potêncial real do motor do caminhão, o novo nome comercial terá a potência seguida por um S, por exemplo, 450 S ou 730 S. A nova ordem de nomeação se aplicará apenas nas cabines Sleepers, com piso plano.

A maneira atual da Scania de nomear caminhões pela série de cabines, seguida da potência do motor, foi introduzida em 2004, com o lançamento das cabines PGR.

“Ao fazer esse ajuste, cumprimos um acordo feito com a Daimler”, afirmou Alexander Vlaskamp, vice-presidente sênior, da Scania Trucks. “Estamos interessados em proteger nossas marcas e reconhecemos que a Daimler, com sua longa história com carros de passeio da classe S, teve um problema com o nome comercial da série S”, finalizou.

O novo tipo de nome comercial da série S, com o número de cavalos de potência indicado primeiro, será introduzido nos caminhões da série S encomendados a partir de agora e não afeta outros veículos. Inicialmente a mudança não tem previsão de chegar aos veículos brasileiros e acontecerá apenas na Europa.


Venda de bebidas alcoólicas é liberada em pontos de descanso

Lei proíbe tráfego de cargas perigosas em serra de Joinville

TRÁFEGO RESTRITO


Atego tem crescimento de vendas em Pernambuco

VENDAS DO ATEGO CRESCEM

PIB cresce no terceiro trimestre de 2019, mas transporte retrai

ESTUDO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.