Depois de quase nove anos do reinado do Volvo FH 750, o título de caminhão mais potente do mundo volta para as mãos da Scania. Graças ao novo motor V8 da marca, que traz uma nova linha de caminhões com potências de 530, 590, 660 e 770 cavalos. O Scania 770S, o novo caminhão mais potente do mundo, chega junto com a nova geração da caixa de transmissão automatizada Opticruise G33 que, sozinha, com seu novo projeto, promete 1% de economia de diesel.

Novos motores V8

Em sua estreia global, os novos motores Scania V8 chegam não só com o recorde de potência, mas também para o novo projeto para economizar combustível. De acordo com a fabricante, os motores trazem a tecnologia XPI, de injeção de alta pressão e em pontos diferentes para melhor combustão.

O motor Scania DC16 tem 16,4 litros com oito cilindros dispostos em V, com quatro válvulas por cilindro. Ele pode desenvolver uma potência máxima de 770 cavalos a 1.800 rpm e um torque máximo de 3.700 Nm.

De acordo com os técnicos da Scania, economia de combustível é o resultado de um amplo ajuste e desenvolvimento pelos engenheiros da empresa, envolvendo o redesenho de mais de 70 novas peças, para chegar a um resultado de atrito reduzido, taxas de compressão mais altas, sistema de pós-tratamento aprimorado e novo sistema de gerenciamento eletrônico.

Nova Opticruise G33

Segundo a Scania, o destaque das novas caixas de câmbio é sua capacidade de economia de combustível. Eles contam que o projeto ficou focado particularmente na redução significativa do atrito interno na transmissão. Isso foi realizado polindo algumas das engrenagens, usando óleo MTF de baixa viscosidade e reservando a maior parte do óleo em uma parte separada, semelhante a um reservatório seco, no topo da caixa de engrenagens. Isso reduz o respingo de óleo interno, pois as engrenagens não são continuamente expostas ao óleo. Certas áreas de engrenagem que são vulneráveis ao desgaste intenso ao absorver a força são banhadas com óleo extra por tubos de spray para maior resfriamento e lubrificação.

A primeira edição da linha, G33CM, é cerca de 60 kg mais leve do que as caixas de câmbio atuais, principalmente devido às partes de alumínio e dimensões um pouco menores. As novas caixas de câmbio são mais curtas do que a caixa de câmbio Scania mais comum atualmente, GRS905. Usando apenas dois sincronizadores (em comparação com sete), entre a divisão da faixa baixa e alta, as novas caixas de câmbio são mais curtas e mais robustas, com eixos capazes de lidar com mais torque. Isso também permite a oportunidade de usar engrenagens com engrenagens um pouco mais largas que podem suportar mais carga e são mais duráveis.

Mas ficou mais difícil para os robôs que trocam as marchas. A remoção das sincronizações exige mais do sistema de gerenciamento da caixa de câmbio e da estratégia geral de troca de marchas. Todos os eletrônicos são, portanto, novos e gerenciam os atuadores pneumáticos e os freios de eixo (três no total) que são instrumentais para mudanças de marcha rápidas, suaves e precisas.

Aplicações em países montanhosos

As composições puxadas pelos novos caminhões V8 770S da Scania são usadas em aplicações para o transporte internacional europeu, principalmente para mercados da Europa que tenhal o relevo acidentado. É o caso da Espanha e da Itália, por exemplo. São países onde, segundo a Scania, os clientes gostam de caminhões V8, porque precisam enfrentar terrenos montanhosos, estradas íngremes e trechos desafiadores.

Redação Planeta Caminhão


L-1635 ATRON: O FIM DE UMA ERA.

Foton lança nova geração de caminhões urbanos

Caminhões Constellation recebem nova transmissão automatizada nos modelos 24.330, 30.330, 19.360 e 25.360

IVECO amplia portfólio de serviços em 2020 com foco nos clientes

7 Respostas para Scania desbanca o Volvo FH 750 e lança o caminhão mais potente do mundo
  1. Sou motorista carreteiro a mais de 30 anos entre os caminhoes que já trabalhei a volvo foi oque mais me identifiquei se tivesse um com certeza seria um fh 540 top no LS

  2. A SCANIA, pode até lançar seus caminhões com motores e a potência que bem lhes apraz… Afinal: Concorrência tem que haver, e o PODIUM vai estar sempre lá. Más superar a imponência e robustez do caminhão VOLVO, isso está muito longe. Particularmente em 35 anos de profissão, trabalhei se não me engano, em todas as marcas e modelos de caminhões, e o VOLVO se difere de todos. Resumindo: A marca VOLVO é o caminhão do futuro. Não se surpreendam com 20 poneys a mais…Para O IMPONENTE VOLVO, isso é fichinha. Não existem outras marcas para desbancar. Finalizando!!! {VOLVO É, E SEMPRE SERÁ VOLVO}

  3. Fiquei impressionado com o caminhão mais potente e econômico..

  4. A volvo superar em tudo pode não ter conforto
    Mas superar a scania

  5. Tenho 4 volvos iscanha nem pensar

  6. Scania é caminhão de verdade! Se quiser trator compre um caterpillar…kkkkkkk.
    Nave! Não tem como comparar com outras marcas. Sempre na frente em nivel tecnológico.
    As outras marcas que corram atrás.


[topo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.