A Scania apresentou hoje um novo caminhão para o segmento de mineração e construção. O Scania XT G 540 10×4 Heavy Tipper é novidade no mercado nacional e traz 55 toneladas líquidas de capacidade de carga, em um veículo todo trabalhado para as condições severas do off-road.

SUPER CAMINHÃO

A linha Heavy Tipper, que tem a caçamba basculante como implemento e preparação para enfrentar as durezas do trabalho na mineração e na construção, foi lançada pela Scania em 2018 e, agora, traz sua evolução.

Pra começar, o caminhão tem capacidade máxima de tração de 210 toneladas e torque máximo de 2.700 Nm. Segundo a Scania, o novo modelo é fruto do trabalho global da marca, que tem uma divisão focada nesse tipo de caminhão. “A Scania investe globalmente há muitos anos no desenvolvimento de caminhões fora de estrada. Eles já nascem com DNA 100% vocacionais para o off-road. Por não serem adaptados tornam a operação do cliente mais eficiente”, explica Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil. “A linha vocacional off-road XT estreou com a Nova Geração, em 2018. Seu amplo portfólio é sucesso absoluto na redução do custo operacional do cliente. Chegou a hora de lançar o produto de maior capacidade de carga do mercado e que traz a melhor solução na comparação com a linha amarela.”

Pronto para o batente

Maior que seu irmão lançado há dois anos, o G 540 10×4 tem 11 toneladas de capacidade de carga líquida do que a versão anterior, com 55 toneladas no total, já que tem a nova configuração com um eixo a mais, no 10×4. Assim, o Peso Bruto Total do caminhão saltou para 69 toneladas.

Para puxar esse monstro, o motor Scania da nova geração com 540 cavalos de potência traz sua tecnologia XPI de alta pressão na injeção de diesel, bloco feito em composto especial e, na transmissão de 14 velocidades automatizada Opticruise GRSO935R, o equilíbrio do Lay Shaft Brake, um freio do eixo secundário para resultar em trocas mais rápidas e mais espertas.

Estrutura reforçada

SUPER CAMINHÃO

E o caminhão teve que ganhar novas estruturas reforçadas para aguentar o tranco nesta tonelagem. Ele tem bogie traseiro (capacidade nominal de 36 t) e eixos direcionais (11 t cada um), eixo cardan que suporta maior torque para melhor partida em rampa. O diferencial, segundo a Scania, é fmais forte e o cubo tem relação final de 7.63.

O quinto eixo é Scania e tem um acionamento com nova posição e o projeto de montagem das molas, barras estabilizadoras e amortecedores é novo. O freio também ganhou reforço.

Para completar, tem controle de tração, hill-hold (sistema de auxílio que segura o veículo em aclives, impedindo que ele recue no momento da saída), eixo traseiro com diferencial duplo, para-choque em aço com ângulo de ataque de 29º, proteção nos faróis, espelhos retrovisores reforçados e pino de reboque frontal com capacidade de 40 t. A Scania é a única que dispõe de itens customizados para o fora de estrada, como limpador de para-brisa na posição vertical, indicadores de torque dos parafusos das rodas, degrau articulado e preparação para o inclinômetro e para a estrutura física e elétrica do implemento.

Redação Planeta Caminhão


Mercedes-Benz patrocina Caravana de Natal da Coca-Cola 2020.

Mercedes-Benz do Brasil recebe o reconhecimento como a fabricante de caminhões mais inovadora do mercado brasileiro.

Mercedes-Benz lança chassi de ônibus OF 1621 para fretamento

Daimler e Volvo assinam joint venture de células de combustível

2 Respostas para Scania apresenta monstro fora de estrada com tração 10×4


[topo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.