A Scania aumentou sua linha de caminhões equipados com motores elétricos movidos a bateria lá na Europa. A novidade foi anunciada esta semana e é a primeira linha de caminhões da marca com chassi rígido das séries P e L com motorização elétrica ou híbrida, com alimentação a bateria e opção de motor diesel de 280 ou 360 cavalos.

Tiraram o motor a diesel

O caminhão totalmente elétrico da Scania vem com uma bateria de 165 ou 300 kWh para alimentar seu motor elétrico de 230 kW, equivalente a cerca de 310 cv. No modelo de 300 kWh, alcance pode chegar a 250 quilômetros com apenas uma carga nas baterias. Nesta versão, o caminhão tem nove baterias. Uma fica no túnel do motor e as outras ao logo da estrutura do chassi.

As baterias podem ser carregadas em 55 minutos para o caminhão com menor potência e em 100 minutos para a versão mais parruda. Além disso, as baterias são continuamente carregadas em movimento por meio de energia de frenagem regenerativa.

Scania 25 L híbrido 6×2 rígido

O caminhão híbrido plug-in da Scania pode viajar longas distâncias no modo de motor de combustão e até 60 km no modo elétrico, conforme necessário. Combinado com combustível renovável, o híbrido plug-in da Scania permite aos operadores reduzir significativamente seu impacto ambiental.

Como o caminhão híbrido plug-in tem um motor de combustão, o espaço para baterias é menor do que o caminhão totalmente elétrico. Ele conta com três baterias para uma capacidade instalada de 90kWh para seu motor elétrico de 115kW. O tempo de carregamento de zero a 80% é de cerca de 35 minutos. Além de carregar por meio de energia de frenagem regenerativa, a energia da bateria também pode ser completada durante o carregamento e descarregamento. O trem de força elétrico é combinado com opções de motor de combustão que variam de 280 a 360 cv.

Caminhões modulares

“Embora os veículos eletrificados em certos aspectos representem uma nova tecnologia, tomamos todas as medidas possíveis para garantir que aplicamos os mesmos critérios de produção, qualidade e testes de nossos outros caminhões”, disse Anders Lampinen, diretor de novas tecnologias da Scania CV AB.

Além de carga geral e transporte com temperatura controlada, os e-trucks podem ser equipados com uma variedade de carrocerias, incluindo guinchos, basculantes, betoneiras e coletores de lixo, bem como veículos de apoio para os serviços de emergência.

Promessa elétrica da Scania

O presidente e CEO da Scania, Henrik Henriksson, fez uma promessa de longo prazo com a eletrificação no lançamento dos novos modelos. “É com muito orgulho que anunciamos o início do compromisso de eletrificação de longo prazo da Scania. Atualmente, estamos reorganizando nossa produção para isso e, dentro de alguns anos, também apresentaremos caminhões elétricos de longa distância adaptados para carregamento rápido durante os períodos de descanso obrigatórios dos motoristas. Além disso, nos próximos anos, continuaremos a desenvolver nossa linha de veículos eletrificados para todas as aplicações, incluindo longa distância e construção”, declarou.

Realidade distante do Brasil

Esta estratégia da Scania na eletrificação ainda é algo restrito apenas aos clientes e mercados europeus. O Brasil ainda está longe de começar seu processo de eletrificação nos caminhões pesados e ainda teremos que esperar para ver modelos como estes rodando pelas estradas daqui.

Redação Planeta Caminhão


Caminhões pesados Iveco vão ganhar conectividade e novo visual para a linha 2021

IVECO CONECTADO

Mercedes-Benz lança edição especial do Actros com motorização de 625 cavalos

EDIÇÃO ESPECIAL DO ACTROS

Votação na Câmara dá vitória para limite de 40 pontos na CNH

NOVAS REGRAS PARA A CNH

Volvo FH Unlimited Edition dá adeus à velha geração do FH na Europa

EDIÇÃO ESPECIAL FH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.