PLACAS MERCOSUL

 

Novas placas Mercosul passarão a ser emitidas em setembro no Brasil, mais de dois anos depois dos países vizinhos. Novas placas de veículo particular, de aluguel e de colecionador têm cores novas

O Denatran resolveu colocar em prática no Brasil as novas placas unificadas do Mercosul, um projeto que já está sendo adotado na Argentina e no Uruguai há dois anos. Na prática, todas as placas de veículos terão que ser substituídas até 2023 e os veículos novos que forem emplacados a partir de 1º de setembro já vão receber as placas novas.

Todos os veículos usados que estiverem em circulação deverão fazer a troca das placas para o novo modelo até o dia 31 de dezembro de 2023.

Como ficam as vendas e transferências?

A partir de 1º de setembro de 2018, todos os caminhões que forem transferidos e precisarem de uma nova placa vão ser emplacados com o novo padrão Mercosul.

As placas do Mercosul terão o nome do país no topo e, na lateral direita, a bandeira do estado e brasão da cidade onde o veículo está registrado. Entenda como ficará a nova placa:

Haverá o padrão de 4 letras e 3 números, que podem ser ordenados da forma que cada governo definir. No topo da placa fica uma barra azul com o nome e a bandeira do país. Do lado esquerdo fica um QR Code, usado para identificação do veículo, enquanto do lado direito será colocada a bandeira do estado e o brasão da cidade. Todas terão o fundo branco e o que irá diferenciar o tipo de veículo é a cor da letra. As placas para caminhões particulares, de aluguel (comerciais) ou de colecionador vão ficar, respectivamente, com as cores PRETA, VERMELHA e ROSA, conforme o infográfico abaixo:

Preço

Atualmente, os preços das placas variam de estado para estado. Em São Paulo, o par de placas sai por R$ 128,68, por exemplo, enquanto no Paraná o valor é de R$ 128,49.

Além disso, existem as taxas de vistoria e licenciamento que são definidas pelo Departamento de Trânsito (Detran) de cada estado.

O que causa confusão é que outros países do Mercosul já começaram a utilizar as novas placas. O Uruguai foi o primeiro a adotar o desenho, usado em veículos novos desde março de 2016. A Argentina começou a utilizar as placas em abril de 2016, com certa urgência. O sistema anterior, de 3 letras e 3 números, estava chegando ao limite. E o Brasil largou atrás, e só vai começar a implementação em setembro, com os veículos novos.

Inscreva-se no nosso canal no Youtube! www.youtube.com/planetacaminhaotv

Leonardo Andrade – Editor-chefe do Planeta Caminhão
leonardo@planetacaminhao.com.br



Volkswagen aprimora o modelo Constellation 25.360

CONSTELLATION 25.360


Scania planeja novo ciclo de investimentos no Brasil

INVESTIMENTOS


Adesivo do RNTRC não é mais obrigatório, segundo ANTT

ADESIVO RNTRC

Estudos comprovam viabilidade da construção do corredor bioceânico

ROTA BIOCEÂNICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.