ALTURA MENOR QUE UMA FERRARI

Com certeza um dos mais estranhos e incomuns que você já viu!

Primeiramente o que mais chama atenção neste projeto é a aparência exótica do cavalo mecânico que não está engatado na frente do semirreboque como normalmente encontramos por aí, mas sim sob o semirreboque.

Um engenheiro alemão de Stuttgart, Manfred Steinwinter, foi o responsável por desenvolver o Steinwinter. Sim, como em outras criações da indústria, ele batizou o esquisito com seu próprio nome.

A ideia de Manfred foi revolucionária no mundo dos caminhões de carga. Tinha como objetivo conseguir um baixo consumo de combustível e, ao mesmo tempo, aumentar o volume de carga a ser transportada. E não pense que ele colocou qualquer motorzinho, o motor utilizado foi um OM422 280 PS Mercedes V-8.

Como muitas iniciativas pelo mundo, normalmente movidas por apaixonados, o projeto piloto não tinha apoio de montadoras. Manfred até conseguiu uma força da Daimler-Benz, mas nada o suficiente para apostar na fabricação novos modelos.

Um dado curioso é que este cavalo mecânico chegou a desfilar na Exposição Internacional de Automobilismo em 1987, mas mesmo assim não vingou. Os motivos? Especula-se que sejam diversos. Mas entre eles estão barreiras na legislação e provável baixa aceitação do mercado.

Assista ao vídeo que dispõe algumas imagens desse… esquisito:

O caminhão é tão baixo que até parece que foi amassado e colocado para rodar. Chega a lembrar os rebocadores de grandes aviões. Mas, dentro dele há bom espaço e aconchego, com dois assentos quase esportivos para o motorista e passageiro, além disso, há lugar ainda para dormir.

steinwinter

Ah… E não pense que o logotipo de cavalo empinado na foto acima significa um apoio da Ferrari – Ela é apenas uma homenagem ao brasão de armas de Stuttgart, similar ao encontrado no centro do brasão da Porsche:

porche


O maior relógio do mundo… Formado por caminhões

MAIOR RELÓGIO DO MUNDO

Um pedaço da história dos caminhões no seu pulso

SCANIA

Uma verdadeira exposição sobre rodas

OBRA DE ARTE

Um caminhão em constante mudança

VOLVO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.