PARANÁ SE DESTACA NA ROTA DA SOJA

Porto paranaense vai ganhando importância nas exportações de soja. Paranaguá acabou de fazer grandes investimentos em estrutura com tombadores novos e maior capacidade de receber caminhões

soja-paranagua1

O Paraná disputa com Santos a importância de suas estruturas para as exportações de soja do Brasil, nesse ano de safra recorde. Os portos de Paranaguá e Antonina, que ficam no estreito litoral do Paraná, vão exportar 76% mais soja esse ano em relação à ultima safra, provando seu protagonismo no escoamento do nosso importante produto do agronegócio.

Santos e seu grande movimento, com sua estrutura quase saturada, coleciona histórias de caminhoneiros estressados e paralisados em filas por falta de estrutura. Com um investimento de mais de R$ 600 milhões, Paranaguá e Antonina aumentaram a capacidade de receber caminhões, implementaram novos tombadores e diversas outras melhorias.

No começo do ano, o Porto de Paranaguá bateu seu recorde histórico de movimentação de cargas, com mais de 11,6 toneladas de janeiro a março.

Além do aumento na produção e, consequentemente, nas exportações de grãos brasileiras, os portos paranaense ganharam mais movimento por causa da logística dos produtores na hora de enviar grãos para outros países. Ao lado da produção do Paraná, também passam pelo Porto de Paranaguá boa parte das exportações de soja, farelo e milho do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Leonardo Andrade – Editor-chefe do Planeta Caminhão
leonardo@planetacaminhao.com.br


Caminhões pesados Iveco vão ganhar conectividade e novo visual para a linha 2021

IVECO CONECTADO

Mercedes-Benz lança edição especial do Actros com motorização de 625 cavalos

EDIÇÃO ESPECIAL DO ACTROS

Votação na Câmara dá vitória para limite de 40 pontos na CNH

NOVAS REGRAS PARA A CNH

Volvo FH Unlimited Edition dá adeus à velha geração do FH na Europa

EDIÇÃO ESPECIAL FH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.