Mercado:

Com 31,6% do mercado, a Mercedes-Benz comemora seu 5º ano consecutivo na liderança de vendas no Brasil. “Num ano atípico como 2020, fortemente impactado em todo o mundo pela pandemia do coronavírus, superamos os obstáculos e mantivemos a nossa marca no topo de vendas e de participação de mercado de veículos comerciais”, afirma Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Com isso, o Brasil volta a ser o primeiro mercado do mundo para caminhões Mercedes-Benz, além de ser também o maior para ônibus da marca”. A cada 10 caminhões Mercedes-Benz vendidos no mundo, mais de 2 foram vendidos no Brasil.

Karl Deppen, Presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina

Para o segmento de ônibus, fortemente afetado pelo Covid, a marca completa seu 64º ano na liderança de vendas, com 46,7% de participação.

Em 2020, foram licenciados 26.769 caminhões da marca – 4% a menos em relação às 27.994 unidades de 2019.  De acordo com dados da Anfavea foram emplacados 84.650 caminhões no mercado brasileiro em 2020, queda de 12% comparando com as 96.254 unidades licenciadas em 2020. Em janeiro de 2021 a marca emplacou 2.527 caminhões, mantendo a liderança com 36,7% das vendas.

“É importante destacar que também lideramos as vendas de caminhões no concorrido segmento de extrapesados em 2020, já repetindo esse feito agora em janeiro”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “No ano passado, foram emplacados 13.195 extrapesados da marca, o que resultou em 28,5% de market share. Em janeiro, o volume foi de 1.127 caminhões, com 30,9% de participação”.

Roberto Leoncini, Vice-Presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus

Contratações e investimentos:

“Em função de uma melhor perspectiva em 2021, a Mercedes-Benz reafirma sua confiança no País, onde atua há quase 65 anos. Nesse sentido, a fim de atender às demandas dos clientes, estamos criando mais de 1.000 novos empregos para nossas fábricas de veículos comerciais, entre contratações temporárias e efetivações de aprendizes do SENAI”, afirma Karl Deppen.

Os investimentos anunciados para o período de 2018 a 2022 estão mantidos. No total, 2,4 bilhões de reais, os quais foram aplicados no novo Actros, na nova linha de cabines 4.0, na linha de ônibus 4.0 e no Centro de Testes. Até 2022 serão investidos R$ 800 milhões em modernização de linhas de powertrain e novos produtos e serviços de conectividade.

O mais vendido da marca:

Actros 2651 é o caminhão mais vendido pela marca no Brasil. Com Com 2.924 unidades emplacadas em 2020, o Actros 2651 6×4 foi, pelo 3º ano consecutivo, o caminhão Mercedes-Benz mais vendido no Brasil, considerando toda a linha.

“O Actros 2651 é um caminhão com total aprovação, em especial no transporte de grãos, atividade do agronegócio que é vital para a economia brasileira, principalmente porque o País deverá ter uma nova safra recorde”, diz Roberto Leoncini. “Esse resultado impulsiona ainda mais o avanço do Novo Actros, que começou a ser entregue aos clientes a partir de julho de 2020 e que já teve 637 unidades emplacadas em 2020. O Novo Actros oferece ainda mais valor agregado em performance, economia, robustez, segurança e conforto, além de garantir mais conectividade e interatividade entre o motorista, o gestor da frota, o operador logístico e o cliente final”, comenta Leoncini. 

Peças e Serviços:

No ano da pandemia, a Mercedes-Benz obteve crescimento de 17% nas vendas. 5% de crescimento nos Planos de Manutenção. O sistema FleetBoard foi ativado em 38% dos caminhões vendidos, sendo que no extrapesado, este número alcançou 46%. São 11.200 caminhões Mercedes-Benz conectados até o momento.

SelecTrucks:

A Mercedes-Benz avança em sua estratégia de negociação de caminhões usados. A SelecTrucks registrou crescimento de 12% nas vendas, alcançando 1.551 caminhões. São 10 lojas pelo país.

Rede de Concessionários:

São mais de 300 pontos de atendimento em todos os estados. 181 são concessionários, 109 são oficinas dedicadas, 10 lojas da SelecTrucks e 4 Truck Centers.

Além das lojas físicas, o showroom virtual da Mercedes também anotou boa performance: mais de 900 mil visitas e 200 caminhões vendidos virtualmente.

A perspectiva de aumento da marca para o mercado total de caminhões em 2021 é de 15% de crescimento, totalizando 101 mil caminhões.

Redação Planeta Caminhão


Raízen terá frota de 210 caminhões Volvo FH e FMX

Ações de empresas de ônibus para o combate a Covid-19 são divulgadas pela Mercedes-Benz

Foton Motors lança novo pesado em comemoração aos 10 milhões de unidades vendidas

Gigante da Ford desaparecido há 40 anos é reencontrado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.