A luta pelo título de caminhão mais potente do mundo tem sido tema aqui no Planeta nas últimas semanas e, em nossa publicação mais recente, falamos sobre o Volvo FH 16 com motor de 660 cavalos, lançado em 2006 na Europa. A liderança da Volvo durou pouco, porque no ano seguinte, a MAN lançou seu cavalo mecânico TGX 18.680 V8 e arrancou a fabricante sueca do topo do pódio.

Isso foi possível graças ao desenvolvimento do novíssimo motor MAN V8 D28 de 16,2 litros e impressionantes 680 cavalos de potência e 3.000 Nm de torque máximo. Este foi o último motor V8 desenvolvido na tecnologia Euro 4.

Recursos de direção segura

Este caminhão equipado com o motor MAN D28 tinha recursos novos, como um modo de rotação baixa para passar por cruzamentos e semáforos e um turbo de dois estágios eletronicamente controlado, com altíssima performance.

Segurança e força

A transmissão é ZF AS Tronic de 12 velocidades e overdrive na última marcha. O caminhão tem piloto automático, ou controle de cruzeiro, eletrônico, com diversas funções de segurança e o Controle de Amortecimento Contínuo calcula as forças exigidas dos amortecedores para frear e acelerar, em curvas ou inclinações, sempre com suavidade e segurança.

No caso de uma frenagem de emergência, o sinal de freio de emergência do Sinal de Parada de Emergência é ativado ao lado das luzes de freio, e o pisca-pisca de advertência de perigo opera para notificar os participantes do tráfego da emergência para ajudar a reduzir o risco de uma colisão traseira.

Com muita eletrônica embarcada, este caminhão estava à frente do seu tempo. Já em 2007 oferecia um sistema que detectava os primeiros sinais de fadiga do motorista e dava um alerta para que ele parasse para descansar. Além disso, ele trazia uma versão nova do ABS, com um sistema eletrônico de frenagem de última geração.

O MAN TGX 18.680 V8 foi um grande sucesso de vendas na Inglaterra e outros países do Reino Unido e entrou para o hall dos caminhões mais famosos do mundo, reinando como o mais potente do planeta até a chegada de um novo combatente.

Mas isso é assunto para um próximo texto!

Redação Planeta Caminhão


Volvo abre sua maior concessionária no Brasil, em Itu, interior de SP

Museu American Old Trucks traz uma viagem pela história dos caminhões à Serra Gaúcha

Adeus ao bicudo: Mercedes-Benz lança edição final de despedida do Atron 1635

L-1635 ATRON: O FIM DE UMA ERA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.