A Iveco e a FPT Industrial, marcas da CNH Industrial, em parceria com a Nikola Motor Company, iniciarão a fabricação do Nikola Tre, um caminhão movido à bateria e célula de combustível de hidrogênio.

A produção será realizada na unidade da Iveco em Ulm, na Alemanha, por meio de uma joint venture europeia.

A parceria estratégica e exclusiva do setor de caminhões para serviços pesados fez a CNH Industrial adquirir uma participação de US$ 250 milhões na Nikola, como principal investidor na Série D.

VEJA MAIS: Alta tecnologia para conseguir emissão zero, conheça os caminhões Nikola

Atualmente, o espaço em Ulm é o núcleo de engenharia de chassi da Iveco, que agora se propõe a ser um polo da mobilidade com célula de combustível. Esse trabalho só é possível graças a investimentos substanciais para o financiamento de projetos de pesquisa e desenvolvimento na área, que possui uma forte indústria automotiva e parcerias de projetos estratégicos.

“Nossa joint venture europeia com a Nikola, e o anúncio de hoje, são provas de que os transportes de longa distância com emissão zero estão se tornando uma realidade e resultando em benefícios ambientais tangíveis para os transportadores de longa distância e os cidadãos da Europa”, aponta Hubertus Mühlhäuser, CEO da CNH Industrial. “A decisão de fabricar o Nikola Tre em Ulm, um centro de excelência em engenharia de caminhões para serviços pesados, ressalta a localização estratégica no centro do polo tecnológico de células de combustível da Alemanha”, completou.

Etapas

No primeiro estágio do projeto, serão investidos €40 milhões pela empresa da joint venture para aprimorar as instalações de manufatura, que vão se concentrar na montagem final do veículo. A previsão é que o início da produção ocorra no primeiro trimestre de 2021, com as entregas do Nikola Tre começando no mesmo ano.

“O Nikola Tre está provando ser o caminhão articulado mais moderno do mundo e vai continuar definindo o padrão de veículos com emissão zero hoje e no futuro”, afirma Trevor Milton, CEO da Nikola Motor Company. “A decisão de produzir o Tre em grande volume na cidade de Ulm é um bom exemplo de como criar empregos, promover inovação, dar segurança a novos fornecedores de peças com emissão zero e servir de exemplo para outros fabricantes de equipamentos originais. O mundo está pronto para o transporte de cargas sem emissões e essa joint venture entre a Nikola e a IVECO será a primeira a oferecer isso.”

Os primeiros modelos a entrarem em produção serão os caminhões articulados elétricos a bateria 4×2 e 6×2. Os veículos têm baterias modulares e escalonáveis com capacidade para até 720 kWh e sistema de transmissão elétrico que fornece até 480 kW de energia contínua.



Ford continua negociações para venda da fábrica no ABC

NEGOCIAÇÕES NA FORD

Hyundai e Allison anunciam parceria para produzir caminhões leves automáticos

PARCERIA

Pesquisa aponta que tabela de fretes afetou oferta de cargas para autônomos

OFERTA DE CARGAS


Trecho de Santa Catarina da BR-101 é arrematado em leilão

LEILÃO DA BR-101

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.