A Iveco e a FPT Industrial, marcas da CNH Industrial, em parceria com a Nikola Motor Company, iniciarão a fabricação do Nikola Tre, um caminhão movido à bateria e célula de combustível de hidrogênio.

A produção será realizada na unidade da Iveco em Ulm, na Alemanha, por meio de uma joint venture europeia.

A parceria estratégica e exclusiva do setor de caminhões para serviços pesados fez a CNH Industrial adquirir uma participação de US$ 250 milhões na Nikola, como principal investidor na Série D.

VEJA MAIS: Alta tecnologia para conseguir emissão zero, conheça os caminhões Nikola

Atualmente, o espaço em Ulm é o núcleo de engenharia de chassi da Iveco, que agora se propõe a ser um polo da mobilidade com célula de combustível. Esse trabalho só é possível graças a investimentos substanciais para o financiamento de projetos de pesquisa e desenvolvimento na área, que possui uma forte indústria automotiva e parcerias de projetos estratégicos.

“Nossa joint venture europeia com a Nikola, e o anúncio de hoje, são provas de que os transportes de longa distância com emissão zero estão se tornando uma realidade e resultando em benefícios ambientais tangíveis para os transportadores de longa distância e os cidadãos da Europa”, aponta Hubertus Mühlhäuser, CEO da CNH Industrial. “A decisão de fabricar o Nikola Tre em Ulm, um centro de excelência em engenharia de caminhões para serviços pesados, ressalta a localização estratégica no centro do polo tecnológico de células de combustível da Alemanha”, completou.

Etapas

No primeiro estágio do projeto, serão investidos €40 milhões pela empresa da joint venture para aprimorar as instalações de manufatura, que vão se concentrar na montagem final do veículo. A previsão é que o início da produção ocorra no primeiro trimestre de 2021, com as entregas do Nikola Tre começando no mesmo ano.

“O Nikola Tre está provando ser o caminhão articulado mais moderno do mundo e vai continuar definindo o padrão de veículos com emissão zero hoje e no futuro”, afirma Trevor Milton, CEO da Nikola Motor Company. “A decisão de produzir o Tre em grande volume na cidade de Ulm é um bom exemplo de como criar empregos, promover inovação, dar segurança a novos fornecedores de peças com emissão zero e servir de exemplo para outros fabricantes de equipamentos originais. O mundo está pronto para o transporte de cargas sem emissões e essa joint venture entre a Nikola e a IVECO será a primeira a oferecer isso.”

Os primeiros modelos a entrarem em produção serão os caminhões articulados elétricos a bateria 4×2 e 6×2. Os veículos têm baterias modulares e escalonáveis com capacidade para até 720 kWh e sistema de transmissão elétrico que fornece até 480 kW de energia contínua.


São Paulo adia reajuste dos pedágios por causa da pandemia

PEDÁGIOS SEGUEM SEM REAJUSTE

Scania apresenta caminhão Edição Especial

EDIÇÃO ESPECIAL SCANIA

Meritor solda eixos a laser na fábrica de Osasco (SP)

TECNOLOGIA MERITOR

Roberval Andrade conquista pódio com sabor de vitória

RETOMADA DA COPA TRUCK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.