MULTAS NAS FEDERAIS

Levantamento da Polícia Rodoviária Federal mostra quais foram as infrações mais frequentes cometidas por caminhoneiros. O segundo lugar ficou para a falta de equipamentos obrigatórios

Excesso de velocidade é a campeã das multas entre caminhoneiros

Levar multa é ruim e ninguém gosta, mas o respeito às Leis de Trânsito e às regras de conduta no comando de um caminhão são deveres de todo caminhoneiro. A Polícia Rodoviária Federal fez um levantamento e divulgou quais são as multas de trânsito mais frequentes levadas pelos motoristas de caminhão e, com 37%, ultrapassar o limite de velocidade em mais de 20% foi a campeã.

Sem segundo lugar, com 8% das multas, estão as infrações por falta de equipamentos obrigatórios. Farol desligado na rodovia também deu muita multa, com 6,3% do total e o não uso do cinto de segurança, por incrível que pareça, AINDA entra na lista, com 2,8% das multas.

Em todo o Brasil, o número de infrações cometidas por todos os motoristas ultrapassou a marca das 45 mil somente em cinco dias, durante um feriado ano passado. O levantamento leva em conta somente as multas registradas em rodovias federais.

E continue acompanhando nosso conteúdo aqui no Planeta Caminhão! Vídeos novos toda semana! Confira o novo Planeta Responde, com conteúdos sobre caminhão todos os dias. Você participa, envia sua dúvida e a gente vai atrás da resposta. Valem perguntas sobre caminhão, motor, parte técnica. Vale também legislação, CNH, mercado. Tem dúvida sobre o mundo do caminhão? Quer mandar uma pergunta pra gente? É só escrever no comentário dos vídeos.

Leia mais em https://planetacaminhao.com.br/page/2/


Volvo apresenta crescimento de 83% e FH é o mais vendido entre os pesados

RESULTADOS DA VOLVO


Anfavea revela balanço de 2018 e projeções para esse ano

RESULTADOS DA INDÚSTRIA

Empresas de energia paulistas recebem 100 novos caminhões VW

GRANDE VENDA DA VW

História de um ícone: o “Mercedinho” 608

O CLÁSSICO MERCEDINHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.