A cidade de São Paulo sofreu com o caos causado por fortes chuvas na segunda-feira (10), mas não foi apenas os moradores e o trânsito da cidade que sofreram com o maior temporal no mês de fevereiro em 37 anos. A chuva também trouxe forte impacto no transporte de cargas partindo da capital.

Enchentes
Enchentes causaram problemas no transporte de São Paulo. (Foto: Paulo Pinto – Fotos Públicas)

De acordo com um levantamento da FreteBras, a busca de caminhoneiros por fretes saindo da cidade teve queda de 70%, enquanto as cargas disponíveis caíram 44%.

“Nos últimos dias os caminhoneiros fizeram, em média, 6.000 buscas únicas por dia para fretes em São Paulo na FreteBras. Nessa segunda, foram apenas 1,8 mil. O número de cargas disponíveis para serem transportadas partindo da cidade despencou quase que pela metade, passando de 500 para 280 por dia. Certamente foi um dia com grandes perdas para a economia da capital”, afirmou Bruno Hacad, diretor de operações da FreteBras.

Enchentes

Com o transbordamento dos rios Pinheiros e Tietê, as marginais foram interditadas e, por volta das 8h, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou 89 km de lentidão no trânsito da cidade, que chegou a 132 pontos de alagamento.

Os transtornos afetaram, inclusive, a região do Ceasa (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), o principal centro de abastecimento de alimentos da capital, onde dezenas de caminhões ficaram cobertos por água e muitos alimentos foram perdidos.


Governo certifica pontos de paradas para caminhoneiros

PONTOS DE PARADA

Confira as 10 maiores rodovias do mundo

AS MAIORES DO MUNDO

Braspress renova frota com 235 Mercedes-Benz Axor

RENOVAÇÃO DE FROTA

Freightliners elétricos chegam a 500 mil km rodados no EUA

500 MIL KM RODADOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.