O Detran do Distrito Federal iniciou nesta quinta-feira(5) o teste de um novo aparelho para ser utilizado em blitzes, que pode detectar a presença de substâncias psicoativas no organismo do condutor.

Detran

O aparelho, chamado de drogômetro, foi testado em duas operações para coibir a direção de veículos após o consumo de bebida alcoólica e outras substâncias psicoativas.

O teste é feito com o recolhimento da digital do motorista. Por meio da análise do suor, o aparelho consegue identificar 15 tipos de drogas, dentre elas a cocaína, o THC (maconha), os benzodiazepínicos, os opioides, as anfetaminas, as metanfetaminas, o crack e o ecstasy.

O diretor de policiamento e fiscalização de trânsito do Detran-DF, Francisco Saraiva, conta que foram realizadas avaliações voluntárias em 15 motoristas. Eles foram informados antecipadamente sobre o aparelho. “Na operação, o equipamento indicou, em um motorista, a presença de uma substância no organismo. Pelo fato de o aparelho não ter sido homologado ainda, não pudemos definir precisamente qual era. E como era uma blitz educativa, foi sugerido que ele apresentasse um motorista para levar o carro dele”, relata.

Segundo ele, caso o drogômetro estivesse homologado, o motorista seria enquadrado no artigo 165 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que define como gravíssima a infração por “dirigir sob influência de álcool ou qualquer outra substância psicoativa que determine dependência”, com recolhimento da habilitação e retenção do veículo, além de suspensão do direito de dirigir por 12 meses. A multa é no valor de R$ 2.934,70 e o condutor soma sete pontos na carteira de habilitação.

Além disso, o artigo 305, do CTB, prevê pena de detenção de seis meses a três anos para quem “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência”.

Diferente do bafômetro, o drogômetro não pode ser utilizado para a autuação do condutor, pois ainda não é regulamentado pelo Contran. Durante as operações realizadas em Brasília, os agentes de trânsito utilizaram três equipamentos que foram emprestados pelo fabricante.


Empresas e entidades fazem campanhas na Semana Nacional do Trânsito

SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO


Truckvan apresenta planos para a Fenatran 2019

TRUCKVAN NA FENATRAN 2019

Ações na Via Dutra alertam para romeiros nas margens da rodovia

ROMEIROS NA VIA

Fenatran 2019 registra aumento na participação do setor de implementos

IMPLEMENTOS EM ALTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.