A Daimler Trucks, dona da Mercedes-Benz, apresentou lá na Europa hoje seu conceito para o caminhão do futuro. E ele está se transformando em realidade. O caminhão “GenH2 Truck” da Mercedes-Benz fez sua estreia mundial e marca o começo da era da propulsão por célula de combustível na Daimler.

Um elétrico evoluído

Os caminhões movidos a célula de combustível usam o hidrogênio como fonte de energia. Ele passa por um processo físico-químico que libera eletricidade e alimenta o motor. Em tese, estes caminhões são elétricos.

E a Mercedes-Benz está trabalhando fortemente no desenvolvimento de seu caminhão “GenH2 Truck”, que promete transporte pesado de longa distância com autonomia de até 1.000 quilômetros ou mais em um só tanque de hidrogênio.

A previsão é que os testes com este caminhão comecem daqui três anos nos clientes europeus. Graças ao uso de hidrogênio líquido em vez do gasoso, com sua maior densidade energética, o desempenho do veículo está planejado para igualar o de caminhões equivalentes convencionais movidos a diesel.

“Estamos buscando nossa visão de transportes livres de emissões de CO2 com foco em tecnologias genuinamente neutras em CO2, energia por bateria e células de combustível à base de hidrogênio, que têm potencial de sucesso no mercado no longo prazo”, diz Martin Daum, CEO da Daimler Trucks na América do Norte. “Essa combinação nos permite oferecer aos nossos clientes as melhores opções de veículos para cada aplicação. A energia da bateria será mais usada para transporte de carga com peso menor e que operem em distâncias mais curtas. A célula de combustível tende a ser a opção preferida para cargas mais pesadas e distâncias mais longas”.

Números do caminhão-conceito

O projeto do GenH2 Truck teve como base os caminhões extrapesados Actros da Mercedes-Benz. A ideia é criar um veículo que tenha valores equivalentes em parâmetros como tração, autonomia e desempenho. A versão deste modelo de série deverá ter, segundo a Mercedes, um Peso Bruto Total de 40 toneladas e carga útil de 25 toneladas.

Ele vai levar dois tanques de hidrogênio líquido e um sistema poderoso de célula de combustível.

Parceria com a Volvo

Os especialistas da Daimler podem aproveitar os conhecimentos já existentes para o desenvolvimento dos tanques de hidrogênio líquido e eles estão também cooperando com os parceiros. Com relação às células de combustível, a Companhia se beneficia de décadas de experiência em tecnologia e em métodos e processos de produção. Isso representa uma enorme vantagem. Em abril deste ano, por exemplo, a Daimler Truck AG fechou um acordo preliminar, não vinculativo, com o Grupo Volvo para estabelecer uma joint venture para o desenvolvimento até a maturidade na produção em série e comercialização de sistemas de célula de combustível para uso em veículos comerciais pesados e outras aplicações. Juntando as forças, as empresas conseguirão reduzir os custos de desenvolvimento de ambas, além de acelerar a introdução no mercado dos sistemas de célula de combustível.

A Daimler Trucks está avançando no desenvolvimento das tecnologias de sistemas de tanques que são necessários para tornar o hidrogênio líquido utilizável como fonte de energia em caminhões com células de combustível produzidos em série. O armazenamento de hidrogênio líquido criogênico a -253 graus Celsius já é prática comum em aplicações estacionárias, por exemplo, na indústria ou em postos de abastecimento de hidrogênio. Isso também se aplica ao transporte de hidrogênio líquido como carga.

Redação Planeta Caminhão


L-1635 ATRON: O FIM DE UMA ERA.

Foton lança nova geração de caminhões urbanos

Caminhões Constellation recebem nova transmissão automatizada nos modelos 24.330, 30.330, 19.360 e 25.360

IVECO amplia portfólio de serviços em 2020 com foco nos clientes

Uma resposta para Daimler Trucks apresenta caminhão conceito a células de combustível

[topo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.