Faltando pouco tempo para a estreia de 2021, a Copa Truck realizou testes técnicos na semana passada no Autódromo de Interlagos com a presença de caminhões de três marcas diferentes: Mercedes-Benz, Iveco e Volkswagen.

Três equipes participaram do treino, que são elas: AM Motorsport, representando a Mercedes-Benz, R9, pela Volkswagen, e Usual Racing, pela Iveco. Wellington Cirino, Paulo Salustiano, Djalma Pivetta e Felipe Giaffone foram os protagonistas desse teste.

As três equipes avaliaram simultaneamente alguns itens importantes, entre eles um novo sensor eletrônico de detecção de fumaça, além de restritores de potência e pressão do turbo. A sessão, que durou todo o dia, contou com a presença de um comissário técnico da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), que acompanhou todo o movimento com o objetivo de validar esse sistema para a nova temporada.

“Venho trabalhando intensamente com um caminhão de cada marca no dinamômetro de rolo, fazendo uma série de testes e avaliações, e precisávamos validar esses números na pista – principalmente esse sensor de fumaça, conectado a um datalogger separado do esquema da gestão eletrônica dos caminhões. E ficamos felizes com o resultado”, diz Carlos Col, CEO da Mais Brasil Esportes, organizadora do campeonato.

“Claro, ainda falta evolução, testes de pista, o ajuste fino de tudo isso, mas estamos em um bom caminho para zerar a fumaça. Isso também faz com que a potência caia, a vida útil dos motores aumente e os custos baixem, dando chance a nós, da organização, de fazer uma avaliação geral de performance e do nível de competição de todas as marcas”, explica Col.

Os pilotos que participaram do dia de teste também avaliaram os resultados. “Usamos restritores para testar a performance, a válvula de alívio para pressão do turbo e colhemos muitos dados em relação à fumaça. Eu achei muito produtivo, pois as três marcas que testaram hoje não fizeram fumaça, então acho que a categoria acertou ao colocar um sensor nos caminhões”, diz Felipe Giaffone.

“É claro que a organização respeita e valoriza a competência e o trabalho de engenharia das equipes e das fábricas e estamos em uma competição de caminhões. Porém, o trabalho da organização tem três objetivos: reduzir substancialmente a fumaça, reduzir custos durante uma temporada e ter um melhor equilíbrio e competição para entregar aos fãs da categoria do Brasil e do mundo com as transmissões pela internet”, completa Col.

A etapa de abertura da temporada 2021, que será uma rodada dupla, está marcada para os dias 10 e 11 de abril em Curitiba (PR). Confira o calendário:

Etapa 1 – 11/04 – Curitiba (PR)
Etapa 2 – 23/05 – Goiania (GO)
Etapa 3 – 27/06 – Interlagos (SP)
Etapa 4 – 18/07 – Cascavel (PR) Etapa 5 – 15/08 – Tarumã (RS)
Etapa 6 – 03/10 – Potenza (MG)/Alternativa
Etapa 7 – 05/12 – Curitiba (PR)

REDAÇÃO PLANETA CAMINHÃO


Mudanças no CTB: exame toxicológico deixou algumas dúvidas. O Planeta Caminhão explica!

Raízen terá frota de 210 caminhões Volvo FH e FMX

Ações de empresas de ônibus para o combate a Covid-19 são divulgadas pela Mercedes-Benz

Foton Motors lança novo pesado em comemoração aos 10 milhões de unidades vendidas

3 Respostas para Copa Truck realiza testes de equalização em Interlagos
  1. Com essa pandemia acho dificil ter corrida,so se for sem publico.

  2. Devido a Pandemia as Corridas vão continuar sem a presença do Público Decisão Correta


[topo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.